sexta-feira, 9 de novembro de 2012

I MOSTRA CIENTÍFICA


  ESCOLA ULYSSES GUIMARÃES REALIZA SUA 1ª MOSTRA CIENTÍFICA


      
Com o foco na sustentabilidade sócio-ambiental, a Escola Estadual Dr. Ulysses Guimarães realizou no dia 25/10/2012 a 1ª Mostra Científica que envolveu todas as turmas do turno da noite formadas por alunos jovens e adultos e a participação da turma 101 do período da manhã.

Aproveitando o evento, foi reinaugurada a quadra da escola que agora possui sistema de som, pintura e muros com grafitagem temática de acordo com o enredo da Mostra, que teve como objetivos: estimular a percepção científica dos alunos contribuindo para melhorar o processo ensino-aprendizagem através de atividades científicas inovadoras; dar prosseguimento ao tema Há vida e luz no ensino médio brasileiro, proposto pelo MEC durante o Seminário Nacional do Ensino Médio. Neste encontro, realizado em junho deste ano em Brasília, a escola participou representando o Estado com a oficina Saberes e Sabores do Pará: redescobrindo o Ver-o-Peso.
      
       A realização foi fruto de um projeto coletivo concebido pela equipe pedagógica, Vice-direção e professores, além do Conselho Escolar que viabilizou a infraestrutura e a organização do evento. Participaram ainda, alunos da Faculdade Integrada Brasil Amazônia –FIBRA  que contribuirão para a avaliação qualitativa do evento.

          As temáticas foram desenvolvidas por meio de visitas, pesquisas, registros fotográficos, entrevistas, oficinas e versaram sobre: O que fazer com os resíduos do açaí? As redes sociais e a educação; Grafitagem e pichação: marginalização, arte ou formas de comunicação; A física no cotidiano; Belo Monte em números: Quem tem razão?  Reaproveitamento da água na escola; Ilhas de Calor; Música e socialização: Existe preconceito nos ritmos paraenses? Lixo: De onde vem? Para onde vai; A importância de Dalcídio Jurandir no contexto sócio-ambiental da Amazônia; Os museus zoobotânicos de Belém: sua relevância para a educação ambiental.

          A Mostra foi uma experiência singular para todos os envolvidos significando que a escola pública pode produzir conhecimentos quando aliada a projetos participativos e inovadores, apoio governamental e educadores comprometidos com a educação de qualidade.     

3 comentários:

Fernanda Cruz disse...

Só faltou publicar as fotos

Angela disse...

Tenho muito orgulho de fazer parte dessa escola que vem a cada evento, se solidificando como construtora de conhecimento significativo. É um exemplo real que a escola pública paraense tem qualidade.Parabéns a todos que fizeram desse evento mais um sucesso.
Profª Ângela Silva

Unknown disse...

Tenho muito orgulho de fazer parte dessa escola que vem a cada evento, se solidificando como construtora de conhecimento significativo. É um exemplo real que a escola pública paraense tem qualidade.Parabéns a todos que fizeram desse evento mais um sucesso.
Profª Ângela Silva

Reflexão

" Se você é capaz de tremer de indignação a cada vez que se comete uma injustiça no mundo, então somos companheiros"



Che Guevara